Condenada PM que matou homem para recuperar celular | Portal Jurídico Investidura - Direito

Condenada PM que matou homem para recuperar celular

A 1ª Vara do Júri do Foro Central de Porto Alegre condenou a Policial Militar Maria Paulina Grizut de Barcelos a oito anos de prisão em regime semiaberto pela morte de Júlio César Vilarinho de Souza. O Promotor de Justiça Eugênio Paes Amorin atuou no plenário. A sessão ocorreu nesta segunda-feira, 7.

O CASO

Em 25 de julho de 2008, a Policial Militar encontrou Júlio César e um amigo dele, que havia comprado de um andarilho o celular que a ré havia perdido na rua. A dupla queria devolver o aparelho mediante pagamento. O encontro havia sido negociado previamente por volta das 16h, na Avenida Oswaldo Aranha, próximo ao Instituto de Educação. Júlio César, no entanto, entregou apenas o chip.

A ré, junto a outros dois PMs, segurou o rapaz para que alcançasse também o celular. Ele tentou se desvencilhar e, então, foi atingido no pulmão esquerdo por um disparo efetuado por Maria Paulina. A condenação foi por homicídio simples. A Policial poderá apelar em liberdade.



Fonte: AMC
Seção: Notícias
Categoria: MP/RS

Como referenciar este conteúdo

NOTíCIAS,. Condenada PM que matou homem para recuperar celular. Portal Jurídico Investidura, Florianópolis/SC, 09 Out. 2013. Disponível em: www.investidura.com.br/noticias/341-mprs/310639-condenada-pm-que-matou-homem-para-recuperar-celular. Acesso em: 23 Set. 2020

 

Receba nossos e-mails e infoprodutos jurídicos

 

 

ENVIE SEU ARTIGO