Previdência Social - União e INSS – Base: Ano de 2010 | Portal Jurídico Investidura - Direito

Previdência Social - União e INSS – Base: Ano de 2010

Base: Ano de 2010

R$ bilhões

Itens

1998

% PIB

2002

% PIB

2009

% PIB

2010

% PIB

Déficit INSS

(8,4)

(0,86)

(13,5)

(0,91)

(40,5)

(1,30)

(33,6)

(0,96)

Contribuições

45,0

4,59

76,3

5,16

181,1

5,79

212,4

6,06

Benefícios

(53,4)

(5,45)

(89,8)

(6,07)

221,6

7,09

(246,0)

(7,02)

Déficit  União

(20,0)

(2,04)

(28,1)

(1,90)

(60,2)

(1,92)

(57,8)

(1,65)

Contribuições

2,6

0,27

5,3

0,36

9,3

0,30

22,7

0,65

Benefícios

(22,6)

(2,31)

(33,4)

(2,26)

69,5

2,22

(80,5)

(2,30)

Déficit Total

(28,4)

(2,90)

(41,6)

(2,81)

(100,7)

(3,22)

(91,4)

(2,61)

Em 2010 o déficit previdenciário pelo Regime Geral de Previdência Social (RGPS) foi de R$ 33,6 bilhões (0,96% do PIB) e o déficit previdenciário do setor público federal pelo Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) foi de R$ 57,8 bilhões (1,65% do PIB), totalizando no ano 2010 déficit previdenciário de R$ 91,4 bilhões (2,61% do PIB).

Em 2010 a receita previdenciária pelo Regime Geral de Previdência Social (RGPS) foi de R$ 212,4 bilhões (6,06% do PIB) em contribuições de empresas e parte patronal de algumas prefeituras (11,9 milhões de contribuintes) e de empregados e autônomos ativos da iniciativa privada e de empregados de algumas prefeituras (53,7 milhões de contribuintes). A despesa previdenciária dos benefícios dos 23,9 milhões de aposentados e pensionistas, com salário médio de R$ 777,90, foi de R$ 246,0 bilhões (7,02% do PIB), fazendo com que o resultado previdenciário tenha sido negativo em R$ 33,6 bilhões (0,96% do PIB).

Em 2010 a receita previdenciária pelo Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) das contribuições dos 1.215.939 servidores ativos do governo federal (872.369 civis e 343.570 militares), com salário médio mensal de R$ 7.044,10, foi de R$ 22,7 bilhões (0,65% do PIB). A despesa previdenciária dos benefícios dos 992.657 servidores aposentados e pensionistas (707.957 civis e 284.700 militares), com salário médio de mensal de R$ 6.757,60, foi de R$ 80,5 bilhões (2,30% do PIB), fazendo com que o resultado previdenciário tenha sido negativo em R$ 57,8 bilhões (1,65% do PIB).

Arquivos oficiais do governo estão disponíveis aos leitores.

* Economista, formado em 1974 pela Faculdade Candido Mendes no Rio de Janeiro, com cursos de extensão em Engenharia Econômica pela UFRJ, no período de 1974/1976, e MBA Executivo em Finanças pelo IBMEC/RJ, no período de1988/1989. Membro da área internacional do Lloyds Bank (Rio de Janeiro e Citibank (Nova York e Rio de Janeiro). Exerceu diversos cargos executivos, na área financeira em empresas como Cosigua - Nuclebrás - Multifrabril - IESA Desde de 1996 reside em Florianópolis onde atua como consultor de empresas e palestrante, assessorando empresas da região sul.

(48) 4105-0832

(48) 9976-6974

ricardobergamini@ricardobergamini.com.br

http://www.ricardobergamini.com.br

www.ricardobergamini.com.br/blog


Como referenciar este conteúdo

BERGAMINI, Ricardo. Previdência Social - União e INSS – Base: Ano de 2010. Portal Jurídico Investidura, Florianópolis/SC, 16 Mar. 2011. Disponível em: www.investidura.com.br/biblioteca-juridica/artigos/economia/180433-previdencia-social-uniao-e-inss--base-ano-de-2010. Acesso em: 26 Out. 2021

 

Receba nossos e-mails e infoprodutos jurídicos

 

 

ENVIE SEU ARTIGO